• Cover

Notícias

19/04/2021 12:04

O livro infantil e sua importância na formação das crianças

Schirley Mendes da Silva Moreira

Mestre em Desenho, Cultura e Interatividade - UEFS



O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado, internacionalmente, no dia 02 de abril e, nacionalmente, no dia 18 de abril, data instituída por meio da Lei nº 10.402, de 08 de janeiro de 2002. A escolha dessa data foi em homenagem ao nascimento do renomado escritor brasileiro Monteiro Lobato (1882-1948), conhecido pelas histórias infantis do Sítio do Picapau Amarelo.

Monteiro Lobato já dizia que “Um país se faz com homens e livros”, mostrando a importância dos livros para o desenvolvimento das pessoas. 

A literatura infantil tem, em sua essência, as tarefas de transmitir conhecimento e contribuir para a formação das crianças. É nesse tipo de literatura que a criança descobre o mundo da imaginação, da fantasia e dos sonhos; experiência que estimula a sua criatividade e a sua afetividade, além do seu desenvolvimento cognitivo e motor. 

O livro infantil é uma fonte de estímulo à criatividade e à imaginação de seus leitores. É por meio da leitura de livros infantis que a criança adquire uma postura crítico-reflexiva, extremamente relevante para a sua formação cognitiva, o que contribui para o seu  desenvolvimento intelectual e para a sua formação como público leitor. De acordo com Vygotsky (2000, p.110), “aprendizado e desenvolvimento estão inter-relacionados desde o primeiro dia de vida da criança”, ou seja, é necessário um estímulo contínuo.

A construção de um espaço de leitura em casa, dentro das salas de aula e, se possível, a presença de um livro em todos os espaços que a criança transita promoverão uma aproximação do pré-leitor da literatura infantil com o livro, fazendo com que este se torne uma fonte de prazer e de desenvolvimento do imaginário, inicialmente por meio da leitura de imagens, criando, assim, diversas possibilidades de descobertas oferecidas pelo objeto livro.

O primeiro contato da criança com os livros infantis se dá ao ouvir as histórias narradas por seus pais, quando ela pode relacionar o enredo com as imagens que lhe são apresentadas. Após essa etapa, a criança já consegue recontar a história usando as ilustrações contidas nos livros e imitando a fala do adulto. Desse modo, prossegue seu desenvolvimento até se apropriar, naturalmente, da linguagem escrita. 

A leitura de texto para a criança não se trata de uma leitura convencional, pois a criança não se prende muito à história, e sim à entonação da voz, às expressões faciais, aos movimentos corporais, ao colorido e às texturas das páginas. Assim, é mais adequada, nessa fase, a leitura frase a frase, de modo solto, curto, promovendo um diálogo entre a criança e o livro.

Então, vamos conhecer alguns sites que disponibilizam, gratuitamente, livros infantis para que você possa ler e contar histórias para seus filhos, sobrinhos, alunos...



Referências

PACHECO, George Educação Infantil: A Importância da Literatura na Formação de Leitores de Mundo. Artigo publicado no site do Brasil Escola. Disponível em: <https://monografias.brasilescola.uol.com.br/pedagogia/educacao-infantil-importancia-literatura-na-formacao-leitores-mundo.htm> Acessado em 04 de abril de 2021.

Site PENSADOR. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/NDk4NzIz/> Acessado em 03 de abril de 2021.

SOARES, Ana Paula; TAVARES, Iraneide. A literatura infantil e o desenvolvimento cognitivo na infância. Disponivel em: <http://nippromove.hospedagemdesites.ws/anais_simposio/arquivos_up/documentos/artigos/d6c01028bd50185b189c63d2b47cc304.pdf> Acessado em 02 de abril de 2021.

VIGOTSKY, L. S. A formação social da mente. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.